A partida do Tio Max do Rio – Por Karla Brunet

No dia 8 de outubro, o Tio Max – como é chamado o Navio Polar Almirante Maximiano – zarpou do Rio de Janeiro em direção à Rio Grande. Um pouco depois da partida, ainda na Baia de Guanabara, o navio parou para celebrar um almoço para convidados com autoridades da Marinha. Ficamos parados até quase 16h da tarde. Era chato a sensação de suspender às 10h e logo parar por 5 horas. Queríamos seguir, afinal, temos muito caminho pela frente, muitas milhas náuticas nos esperam até a Antártica.

A despedida, ainda no porto, foi bonita. Desde cedo, familiares e amigos dos marinheiros vieram até o porto para tomar um café da manhã e dar adeus a quem vai partir por 6 meses. Tomamos café com algum desses familiares, na maioria esposas, o assunto era a saudade e forças para ficar tanto tempo longe. Teve café da manhã no barco, do lado de fora no porto e banda tocando músicas festivas. Foi uma forma linda que começar uma expedição tão sonhada por mim.

[Fotos e texto Karla Brunet]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s