Química – Ivy de Souza Palmeira

Ivy Palmeira/PUC-Rio

Integrando o subgrupo da Química, tive a responsabilidade de operar o modelo Standard, da bomba de filtração McLane – uma tarefa simples, que se mostrou um grande desafio inicialmente. As necessidades operacionais de um navio como Almirante Maximiano fazem com que muitos ambientes externos aos laboratórios sejam, altamente propícios a gerar contaminações em amostras de compostos orgânicos. Até o início das nossas atividades, todos a bordo desconheciam as singularidades operacionais do equipamento. No entanto, desde uso de cosméticos até os dias de funcionamento do incinerador do navio, tivemos total empenho da Marinha e do nosso chefe embarcado, para que pudéssemos realizar as coletas nas melhores condições analíticas. 

Iniciadas as filtrações de água, obtivemos uma duplicata de amostra por ponto de coleta. Estas permanecerão armazenadas em freezers até o regresso do navio e serão encaminhadas ao GeoqMar (UFBA) para análises de contaminantes (hidrocarbonetos policíclicos aromáticos e contaminantes emergentes) e ao LabMAM (PUC-Rio) para marcadores orgânicos moleculares (n-alcanos, alquenonas, n-álcoois, esteróis, e ácidos graxos). A partir desses indicadores será feita a caracterização do aporte de matéria orgânica, para avaliar a contribuição geoquímica no ecossistema do Oceano Atlântico Sudeste e possíveis respostas a mudanças climáticas, dentro do escopo interdisciplinar do Mephysto.

Tive oportunidade de auxiliar na filtração de água coletada com a Rossete, no lançamento de XBT, no transporte, na identificação e no armazenamento de material. Entre nossas demandas, pude participar do lançamento de radiossondas com o projeto Atmos e de uma boia ondógrafo de deriva tipo Spootter com a Marinha. 

Para além do que não consigo sintetizar e nem expressar, foi uma oportunidade profissional e pessoal incrível que pretendo repetir tantas vezes quantas forem possíveis. “Tio Max, cadência MÁXima.”

– –

Leia mais relatos na seção A pesquisa pela equipe.

Confira também o Diário de bordo da expedição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s