Biologia – Gabriel Bittencourt

Durante a OPERANTAR XXXVIII fiz parte da equipe das biológicas na coleta de plâncton, mais especificamente fiquei responsável pelos arrastos de rede, tanto da parte vegetal do plâncton (o fitoplâncton) como da parte animal (o zooplâncton). Com esses arrastos de rede temos como objetivos identificar as espécies de organismos animais e vegetais componentes do plâncton que são encontradas nas regiões estudadas (Confluência, Vórtices e Antártica), além disso para o zooplâncton fizemos o fracionamento das amostras, para além da taxonomia desse grupo estudarmos também como funciona a dinâmica energética nesses ambientes, através do estudo de predação do zooplâncton herbívoro sobre o fitoplâncton (herbívoria) e também o crescimento desse grupo na coluna d’água, através de estimativas da sua produção enzimática.

[Texto/Fotos: Gabriel Bittencourt]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s